Translate

sábado, 31 de outubro de 2009

DIA 31 de outubro que tal fazermos uma troca?


Celebramos o HALLOWEEW , com abóboras desdentadas, bruxas narigudas, guloseimas e travessuras,em troca os americanos celebram nossas festas juninas.
Sim, com quadrilha,pamonha,quentão,pipoca,bandeirinhas,grupos folcóricos, caipiras, etc...e tal.
Ou quem sabe brincar e pular com nosso SACI

Just it!

A figura do Saci surge ora como um ser maléfico, ora como somente brincalhão ou gracioso, conforme as versões comuns ao sul do Brasil.Na Região Norte do Brasil, a mitologia africana o transformou em um negrinho que perdeu uma perna lutando capoeira, imagem que prevalece nos dias de hoje. Herdou também a cultura africana do pito, uma espécie de cachimbo, e da mitologia européia, herdou o píleo, um gorrinho vermelho usado pelo lendário trasgo.O Saci é um negro jovem, de uma só perna, portador de uma carapuça sobre a cabeça que lhe confere poderes mágicos. Sobre este último caractere é de notar-se que já na mitologia romana registrava Petrônio, no Satiricon, que o píleo conferia poderes ao íncubo e com recompensas a quem o capturasse.
Considerado uma figura brincalhona, que se diverte com os animais e pessoas, fazendo pequenas travessuras que criam dificuldades domésticas, ou assustando viajantes noturnos com seus assobios - bastante agudos e impossíveis de serem localizados. Assim é que faz tranças nos cabelos dos animais, depois de deixá-los cansados com correrias; faz as cozinheiras queimarem as comidas; ou aos viajores se perderem nas estradas.O mito existe pelo menos desde o fim do século XVIII ou começo do XIX.

Papel do mito
A função desta "divindade" era o controle, sabedoria, e manuseios de tudo que estava relacionado às plantas medicinais, como guardião das sabedorias e técnicas de preparo e uso de chá, mezinhas, beberagens e outros medicamentos feitos a partir de plantas.
Como suas qualidades eram as da farmacopéia, também era atribuído a ele o domínio das matas onde guardava estas ervas sagradas, e costumava confundir as pessoas que não pediam a ele a autorização para a coleta destas ervas

3 comentários:

  1. Ah, Mercia! Amei este post!

    Me lembrou meus tempos de infância quando eu lia os livros de Monteiro Lobato, hoje tão esquecido das crianças que estão envolvidas com jogos e outras tecnologias da modernidade. Uma pena!
    Adoro o Saci!!!!!

    Bjs

    ResponderExcluir
  2. eu também adoro o Saci, pra mim lembra Monteiro Lobato e o Sitio do Picapau Amarelo, devo ter lido quase todas as histórias.

    só que o dia d Halloween não tem nada a ver com o Saci, é uma festa pagã, de origem no norte da Europa e depois nos EUA se misturou com o Dia dos Mortos dos mexicanos, é uma festa divertida, com bruxas e caveiras, não dá para "traduzir" para nosso país tropical.

    o que o Saci tem a ver com os mortos?

    vamos então respeitar a origem das coisas, e também nada a ver fazer festa de Halloween por aqui, acabou pegando porque começou com as escolas de inglês e dai virou motivo para outras festas, no fundo é um comércio.

    passei uma vez um Halloween nos EUA, todo mundo comemora, se fantasia, fazem paradas nas escolas, tem muitas brincadeiras até nas empresas, é divertido.

    portanto Mércia, não acho que tem que misturar o Saci com essa tradição que não é nossa.

    é a mesma coisa de fazerem carnaval em outros países, podem até fazer, mas o carnaval como no Brasil é só aqui.

    cada um é cada um...rsrsrs...

    bjs
    Ju

    ResponderExcluir
  3. Ju, foi exatamente essa a minha proposta...não dá para misturar tradições. Poderemos sim, aprender, entender...mas cd um na sua. bj

    ResponderExcluir